quinta-feira, fevereiro 25, 2010

Da série ‘São Bonitas as Canções’: ‘Zerodoisum’, de Lulu Santos


Já que, neste ano, temos falado tanto sobre Lulu Santos aqui no TomNeto.com, recorramos a ele mais uma vez: a realista-porém-esperançosa “Zerodoisum”, faixa do (ótimo) álbum Letra & Música, de 2005, fala por si.






Zerodoisum
(Lulu Santos)

Rio de Janeiro,
te quero de corpo inteiro.
De sol e ar,
de onda quebrando devagar.

Gente circulando,
flerte no ar.
Corpos livres,
mentes querendo a vida melhorar.

Eu te amaria, ainda que fosses fria, vazia –
tudo que não és.
E te devolvo em respeito o que me dás de alegria.
Rio, sou a sua cria.
No Rio, sorria.

Rio de Janeiro,
do medo e do desespero.
De bala e dó,
de morte estampada numa foto.

Que corre o mundo
e enche de dor e vergonha
quem, como eu, por ela tem amor.

Eu te amaria, ainda que fosses fria, vazia –
tudo que não és.
E te devolvo em respeito o que me dás de alegria.
Rio, sou a sua cria.
No Rio, sorrio.

Um comentário:

Bleffe disse...

Curte Lulu Santos? Dá uma ouvida no som do Bleffe

http://bit.ly/2wJdCC

Se gostar, pode baixar, é DE GRAÇA!!!

http://bit.ly/4LPNUD