terça-feira, julho 20, 2010

Da série ‘São Bonitas as Canções’: ‘That's What Friends Are For’, de Burt Bacharach

Em referência ao Dia Internacional da Amizade – que se comemora hoje, 20 de julho –, somente “Canção da América*”, de Milton Nascimento e Fernando Brant, seria tão adequada quanto esta: a belíssima “That's What Friends Are For”.

Composta por um gênio do pop, Burt Bacharach [foto], em parceria com a letrista americana Carole Bayer Sager – que, aliás, foi sua esposa durante nove anos –, a faixa foi gravada inicialmente por Rod Stewart, em 1982, para a trilha sonora da comédia Corretores do Amor (Night Shift).

A versão mais conhecida, no entanto, é que reúne Dionne Warwick – sem dúvida, a melhor intérprete de Bacharach – a Gladys Knight, Elton John e Stevie Wonder. Lançada em um single em dezembro de 1985, teve seus fundos revertidos para o American Foundation for AIDS Research. E foi um sucesso retumbante.

Além de ter levado duas estatuetas Grammy – uma delas de Canção do Ano de 1986 –, foi eleita pela Billboard uma das cem maiores músicas de todos os tempos. E arrecadou três milhões de dólares pela causa.


***


Bem, nunca fui um homem de muitos amigos. Mas os que tenho me são verdadeiramente caros e especiais. Sejam novos ou antigos; próximos ou distantes: saúdo a todos. Não preciso sequer mencioná-los – eles saberão se reconhecer.

E o mais importante: a exemplo do que diz a canção, eles sabem que podem “sempre contar comigo / com certeza”.

Amigos servem para isso.



* Por sinal, esta é uma canção que me emociona bastante...


4 comentários:

Cláudia Costa disse...

Tom, você é um lindo. Me sinto genuinamente feliz por poder ter você na vida, ainda que seja mais longe do que eu gostaria.

Daquelas pessoas que somam a vida da gente, que fazem os dias e as verdades, os valores, serem validados.

É uma honra e um prazer poder figurar entre os seus chamados amigos.

Bjs carinhosos, da amiga que realmente admira vc.

Tom Neto disse...

Cláudia,


A honra e o prazer são todos meus - pela sua atenção, respeito e admiração.

Muito obrigado pelas suas palavras tão bonitas, tão profundas.


Um beijo carinhoso para você também.

Célia disse...

Ahh Tom, me sinto tão honrada e feliz quanto a Claudinha. Poxa, me emociona muito ser citada entre seus amigos. Existem amigos q não precisam se apresentar fisicamente. Os reconhecemos por alma. E estarão sempre guardados no peito. "Debaixo de 7 chaves, dentro do coração."
Vc está guardado!
Bjos carinhosos.

Tom Neto disse...

Olá, Célia - você por aqui? :)

Muitíssimo obrigado pelas suas palavras tão tocantes.


Um beijo carinhoso para você também.