quarta-feira, agosto 19, 2009

Da série ‘São Bonitas as Canções’: ‘Futuros Amantes’, de Chico Buarque


Já que o assunto é Chico Buarque, creio que seja o momento oportuno para destacar uma das mais belas canções do compositor carioca: “Futuros Amantes”, do excelente CD Paratodos, de 1993. Esta é uma das cinco músicas que mais gosto na vida.

Na letra, Chico projeta a cidade do Rio de Janeiro como Atlântida [no detalhe], o continente perdido (“E quem sabe então o Rio será / alguma cidade submersa?”), onde os escafandristas vasculhariam, no fundo do mar, os pertences da “estranha civilização”, e entregariam aos sábios tudo o que encontrassem, para que estes tentassem decifrar aqueles escritos rudimentares.

Contudo, além de ser também uma ode à paciência típica de quem ama (“Não se afobe, não / que nada é para já.”), a canção visa expressar o amor como algo perene – como, de fato, é.

No vídeo abaixo, Chico explica que “mesmo não correspondido, o amor continua pairando no ar (“Milênios, milênios / no ar.”), para que outras pessoas possam ‘capturá-lo’. E ele possa, enfim, cumprir a sua função”. Perfeito.

Porque uma coisa é certa: o amor, mesmo quando não se concretiza – caso realmente seja amor –, não se desfaz. Ele permanece. Eterno.


***


Há um outro trecho interessantíssimo da letra de “Futuros Amantes”, que diz: “O amor não tem pressa, ele pode esperar / em silêncio / num fundo de armário / na posta-restante...”. Posta-restante.

Quando as pessoas passam a morar em um outro estado – ou outro país – e ainda não possuem residência fixa, há a possibilidade de suas correspondências serem endereçadas à agência central dos Correios de uma determinada localidade, para que, no prazo de três meses, o destinatário possa recolhê-la. A este serviço, dá-se o nome de posta-restante.

Imagine a cena: a mulher escreveu uma carta para o seu amado, que se encontra distante de casa. O amor que ela sente está expresso naquela carta. Que, como diz a letra da canção, foi parar na posta-restante.

Tenho que tirar o meu chapéu para Chico Buarque de Hollanda...



Veja o belo vídeo de “Futuros Amantes:

4 comentários:

Jennifer disse...

Primeiramente, quero que saiba, q não sou fã do chico... mas tenho q concordar q essa música é simplismente perfeita!! tenha um admiração muito grande por essa canção. Tom Parabéns, seu blog esta otimo,sempre com assuntos muito interessante. Abraços Jennifer.

Tom Neto disse...

Jennifer,


Obrigado pela visita e pelos elogios. Volte sempre. :)


Beijo.

Luan Yannick disse...

Olá! Apenas procurava em qual album foi lançado a música "Futuros Amantes" e me deparei com essa interessante análise da música. Muito boa mesmo. Parabéns!

Tom Neto disse...

Luan,


Muito obrigado pela leitura atenta. Volte sempre. :)



Abraço,

Tom Neto